Geral

Maia diz que Bolsonaro é “subproduto” da Lava Jato

Crédito: AFP

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, em 17 de junho de 2020 (Crédito: AFP)

O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente da Câmara, disse, em entrevista para o colunista Kennedy Alencar, do UOL,  que a eleição do presidente Jair Bolsonaro foi “subproduto” da Operação Lava Jato.

“A Lava Jato foi o partido político construído que trabalhou para gerar uma criminalização do Supremo, do STJ e do Congresso Nacional para que pudessem assumir o poder”, disse Maia.


O deputado ainda disse que o ex-juiz Sergio Moro foi responsável por eleger Bolsonaro e que a decisão de ser ministro do governo prejudicou a carreira dele.

“Ele era muito mais respeitado do que é hoje, ele não pode ser juiz de uma causa e depois trabalhar com quem ele beneficiou, porque, em tese, o beneficio dele não era pessoal, era um respeito à lei brasileira, na qual, em tese, o Lula estava cometendo um ilícito na decisão dele”, disse Maia.

O deputado disse que em um eventual segundo turno entre Bolsonaro e o ex-prefeito Fernando Haddad, optaria pelo petista. “Eu sei que o governo do Haddad seria um governo democrático”, disse Maia.

O deputado ainda disse que é importante uma união do centro democrático para impedir a reeleição de Bolsonaro em 2022.