Geral

Mãe suspeita de torturar filho de 3 anos é presa; menino foi achado desnutrido

Crédito: Reprodução

Uma mãe, suspeita de torturar e causar maus-tratos contra o próprio filho, de três anos, foi presa no Rio de Janeiro. O menino foi encontrado em casa no Morro do Urubu, e foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar. 

Os investigadores da Delegacia de Proteção da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) receberam a denúncia através de um policial militar. Agentes foram até o endereço do menino e o encontraram sendo torturado físico e psicologicamente.

De acordo com a polícia, o jovem precisou ser internado por ter ferimentos pelo corpo e estar em estado de desnutrição e desidratação. As autoridades investigam se a mãe da acusada também era vítima de maus-tratos.

Segundo o G1, a suspeita vai responder por tortura majorada, crime previsto na Lei 9455/97. Se condenada, ela pode pegar de 2 a 8 anos de reclusão.

O menino está sendo cuidado por médicos e, na sequência, será deixado sob os cuidados do Conselho Tutelar.


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS