Geral

Mãe de atirador de 17 anos diz que filho sofria bullying

Crédito: Reprodução/TV Band

A mãe do jovem Guilherme Taucci de Monteiro, de 17 anos, um dos assassinos no ataque a uma escola de Suzano, na Grande São Paulo, contou em entrevista exclusiva à Band que o filho parou de estudar porque sofria bullying.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Visivelmente constrangida, a mãe de Guilherme afirmou que apesar disso não entende a postura do filho. “Não sei, também estou querendo saber. Ele era um ótimo filho.”

Segundo a reportagem do programa ‘Brasil Urgente’, da Band, a mãe de Guilherme é usuária de drogas. O jovem foi criado pelos avós e, há cerca de um mês, a avó dele faleceu.

Questionada se o videogame poderia ter motivado o ataque do filho, ela afirmou que não. “Ele jogava no computador. Isso é coisa de criança, gente. Ele era uma criança.”

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea