Brasil

Maduro não foi convidado para a posse de Bolsonaro, diz futuro ministro

Maduro não foi convidado para a posse de Bolsonaro, diz futuro ministro

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, durante entrevista coletiva em Caracas, em 1º de outubro de 2018 - AFP/Arquivos


Ernesto Araújo, futuro ministro das Relações Exteriores, usou seu perfil oficial no Twitter para anunciar que o presidente venezuelano Nicolás Maduro não será chamado para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

“Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do PR Bolsonaro. Não há lugar para maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela”, escreveu Araújo em sua rede social.

Bolsonaro sempre foi crítico do governo venezuelano e, durante sua campanha eleitoral, intensificou o discurso de que não deixaria o Brasil se transformar em uma Venezuela.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS