Mundo

Maduro diz que milícia com 1,6 milhão de membros pode defender país dos EUA e Brasil

Maduro diz que milícia com 1,6 milhão de membros pode defender país dos EUA e Brasil

(Arquivo) O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro - AFP

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse na última segunda-feira (17) que tem  uma  milícia bolivariana com 1,6 milhão de membros para “defender” o território nacional de possíveis agressões externas dos Estados Unidos, Colômbia e Brasil. As informações são do jornal “O Globo”.

Maduro afirmou, sem fornecer provas, que seus oponentes liderados por Washington querem assassiná-lo e impor uma ditadura no país produtor de petróleo. Ele afirma ainda que a crise econômica é  consequência das sanções dos EUA.

“Armemos a milícia bolivariana até os dentes. Pode ser que uma força imperialista invasora entre em algum lugar da pátria, mas o que os imperialistas podem saber é que eles não sairão daqui vivos. (Elas) vão arrancar o coração do inimigo. A Venezuela se defenderá dos oligarcas, venham de Bogotá ou de Brasília”, disse.