Economia

LVMH aumenta oferta para adquirir Tiffany em mais de um bilhão de dólares

LVMH aumenta oferta para adquirir Tiffany em mais de um bilhão de dólares

O grupo de luxo francês LVMH aumentou sua oferta para adquirir as joalherias americanas Tiffany em mais de um bilhão de dólares - AFP/Arquivos

O grupo de luxo francês LVMH aumentou sua oferta para adquirir as joalherias americanas Tiffany em mais de um bilhão de dólares, disseram duas fontes próximas ao assunto à AFP nesta quarta-feira.

O LVMH, proprietário da Louis Vuitton, Dior e Moet & Chandon aumentou sua oferta pela empresa sediada em Nova York de US$ 120 para cerca de US$ 130 por ação, disseram as fontes.

A medida eleva o valor total da Tiffany de US$ 14,5 bilhões para cerca de US$ 16 bilhões.

Nem o LVMH nem a Tiffany responderam imediatamente a um pedido de comentário.

O LVMH, liderado pelo bilionário Bernard Arnault, procurou adquirir a Tiffany como um meio de aumentar sua presença no mercado americano.

A transação também foi vista como um bom caminho para a Tiffany, que não alcançou alguns concorrentes em termos de crescimento de vendas nos últimos anos.

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior