O Dia

Luxa reclama de falta de sensibilidade do VAR e não concorda com gol anulado

Treinador exaltou a sintonia com a torcida, que manteve o apoio no momento mais crítico da equipe no jogo

Rio – A resposta positiva do torcedor em São Januário é um indicador para Vanderlei Luxemburgo que o Vasco está no caminho certo. No empate por 1 a 1 com o Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, o treinador não concordou com a falta marcada de Henríquez sobre Santos, que gerou a anulação do gol de Raul, após o árbitro Anderson Daronco consultar o VAR.
“Futebol tem contato, tem horas que é difícil de evitar. Fiz questão de ver o lance. Não vi em momento algum a intenção do Henriquez de pisar o pescoço do cara (Santos). Ele está caído e não tem como ele fugir do choque. Falta sensibilidade do VAR de entender que não conseguiu fugir do choque”, avaliou Luxa.
Apesar da frustração, o treinador exaltou a relação da torcida com o Vasco. No momento mais difícil do jogo, após o gol de Madson, ela manteve o apoio irrestrito ao time: “A torcida abraçou o time. Em momento algum vi a torcida se voltar contra a equipe. Viu que estávamos dentro do jogo. Enfrentamos uma grande equipe, acabou de vencer a Copa do Brasil”, disse Luxa.