Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

O presidente Lula da Silva, ministros palacianos e líderes do Congresso têm recorrido a um ex-presidente da Câmara dos Deputados para pedir conselhos sobre a atribulada relação com a atual gestão da Casa.

Condenado no Mensalão (AP 470 do STF), o ex-deputado João Paulo Cunha (PT) atua quase como ministro informal. Evita exposição e holofotes, mas está sempre à disposição – ao telefone – para atender e orientar a turma petista.