Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – O ex-presidente e candidato ao Palácio do Planalto Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira que o país voltará a ser comandado pela classe trabalhadora caso saia vitorioso das urnas nas eleições de outubro, e prometeu promover ajustes no imposto de renda dos contribuintes.

“Humildemente a classe trabalhadora vai voltar a dirigir esse país e vocês vão ter um presidente que vai na porta da fábrica dizer para vocês que nós vamos fazer os reajustes necessários no imposto de renda da classe trabalhadora”, disse Lula no lançamento do livro “Quatro décadas com Lula: O poder de andar junto”, de Clara Ant, e do documentário “Bastidores da Vitória”, de Luciana Sérvulo.

Lula discorreu sobre as conquistas de seu governo na área econômica, como a redução da taxa de juros, da inflação e do desemprego. Lembrou que o salário mínimo tinha uma regra de correção acima da inflação. Criticou, ainda as mudanças nas leis trabalhistas que fragilizaram os direitos dos trabalhadores depois que o PT deixou o governo.

Segundo Lula, a situação do país agora é pior do que a de 2003, quando assumiu a Presidência da República pela primeira vez. “Vocês sabem perfeitamente bem que esse país tinha mudado”, afirmou.

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI75002-BASEIMAGE