Semanal

Lula e Bolsonaro estão empatados tecnicamente em São Bernardo

Crédito: Alan Santos

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou nesta quarta-feira, 7, um levantamento sobre intenções de voto para as eleições de 2022 na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, quando foram ouvidos 705 eleitores. Como a margem de erro é de quatro pontos percentuais, os pré-candidatos Lula e Bolsonaro aparecem empatados tecnicamente em primeiro lugar, enquanto que Doria e Ciro vem em seguida, também empatados em terceiro lugar.

De acordo com a pesquisa, Lula aparece em primeiro com 32,6%, enquanto que Bolsonaro surge com 26,1%, configurando o empate técnico. Em seguida está o governador João Doria, com 8,8%, empatado com o Ciro Gomes, que tem os mesmos 8,8%. Em último está o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, com 2,3%.

Governo de São Paulo

As pesquisas abordaram também o quadro para o governo de São Paulo. Se a disputa fosse hoje e se o apresentador de televisão José Luiz Datena fosse candidato, ele lideraria a corrida com 17,2%, enquanto que o tucano Geraldo Alckmin alcançaria 16,3%. Na sequência viram Guilherme Boulos (11,8%), Fernando Haddad (11,3%), Márcio França (11,2%), Arthur do Val (5,4%), Vinicius Poit (1%) e Rodrigo Garcia (0,9%).

Mas, se o candidato do PSDB a governador fosse o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, ele lideraria a disputa na cidade, com 38,6%. Em segundo lugar ficaria Geraldo Alckmin (10,5%), Guilherme Boulos (9,8%), Fernando Haddad (9,5%), Márcio França (9,1%), Arthur do Val (4,8%) e Vinicius Poit (0,9%).

Para o Senado, Datena seria o preferido com 21,4%, contra 21,3% de Alckmin e 18,4% de Eduardo Suplicy. Caso o candidato do PSDB fosse Serra no lugar de Alckmin, Datena teria 23,1%, Eduardo Suplicy (19,1%) e José Serra (12,9%).