Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Após o PSB formalizar a indicação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB) à vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o petista afirmou que, se a chapa for concretizada, não será apenas para disputar as eleições. “Vocês vão participar da elaboração do programa do governo, vão participar da combinação da montagem do governo”, afirmou Lula durante encontro com lideranças de ambas legendas.

“Essa chapa, se for formalizada, não é só para disputar as eleições, talvez ganhar as eleições seja mais fácil do que a tarefa que teremos à frente para recuperar esse País”, completou. O petista reforçou a necessidade de abrir conversas com empresários e com o povo.

Antes da declaração de Lula à imprensa, o PSB apresentou uma carta ao petista, assinada pelo presidente do partido, Carlos Siqueira, declarando que a legenda “deseja contribuir na tarefa programática inerente à formação de uma frente ampla de forma produtiva e efetiva”.

No documento, Siqueira defende que a indicação do ex-tucano à vice “não se limita apenas ao aspecto eleitoral”.