SÃO PAULO, 4 DEZ (ANSA) – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (4) que ainda tem esperanças de concluir o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, apesar dos recentes posicionamentos contrários de Argentina e França.   

“Eu só posso dizer para você que não vai ter assinatura na hora que eu tiver o não. Enquanto eu puder acreditar que é possível fazer esse acordo, eu vou lutar para fazer”, declarou o petista durante coletiva de imprensa ao lado do chanceler da Alemanha, Olaf Scholz.   

“Depois de 23 anos, se a gente não concluir, é porque estamos sendo irrazoáveis com as necessidades que temos de avançar nos acordos políticos, sociais e econômicos”, acrescentou.   

As declarações chegam após o presidente da França, Emmanuel Macron, ter dito que o texto atual do pacto Mercosul-UE “não é bom para ninguém” e é prejudicial ao meio ambiente.   

Por sua vez, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, que deixará o cargo para Javier Milei em 10 de dezembro, também disse que não assinará o acordo.   

“Sou brasileiro e não desisto nunca e não vou desistir enquanto nao conversar com todos os presidentes e ouvir o não de todos. Aí vamos partir para outra”, reforçou Lula.   

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

O líder progressista ainda destacou que “nenhum presidente da França”, e não apenas Macron, se propôs a “fazer acordo com o Mercosul porque eles têm problemas políticos e financeiros com os produtores” agrícolas locais.   

Além disso, cobrou que a UE “decida se tem ou não interesse na conclusão de um acordo equilibrado”. No entanto, ressaltou que “as pessoas não são obrigadas a fazer aquilo que você quer”.   

O Mercosul critica um documento adicional sobre meio ambiente apresentado por Bruxelas e o artigo que permite a participação de empresas europeias em licitações governamentais no bloco sul-americano e vice-versa. (ANSA).   


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias