ISTOÉ Gente

Luisa Mell se revolta ao ser acusada de racismo: “Eu luto pela vida”

Crédito: Reprodução/Instagram

A ativista Luisa Mell acabou sendo detonada na web após fazer uma postagem em sua loja no Instagram com a frase “Toda Vida Importa”, que faz parte da nova campanha de seu instituto em prol dos animais.

Ela foi detonada pelos internautas pelo momento de divulgação do post em meio aos protestos contra o racismo por conta do caso George Floyd, um homem negro assassinado pela polícia americana. Nestas manifestações, o lema é “Vidas Negras Importam”, que se assemelha ao slogan da campanha de Luisa.

Com toda essa repercussão, Mell foi parar nos trending topics do Twitter. A loira deu uma entrevista para o UOL  e se revoltou ao saber das críticas que recebeu. “Eu não faço o Instagram da loja porque é uma equipe que trabalha com e-commerce. Estavam chegando os protótipos das camisetas que a gente vai lançar. Fui eu que mandei fazer. Mas eu falei que nesse momento era melhor dar uma segurada. Eu nem sabia quem tinham postado no Instagram da loja. E aí ontem à noite me falaram que a página tinha sido hackeada. Não sei se uma coisa tem a ver com a outra. Eu acho que não”, disse.

A defensora dos animais ainda ressaltou que a ação com a frase “Toda Vida Importa” foi lançada no início do ano, sendo, meses antes dos protestos antirracistas ganharem força na mídia.

“É só as pessoas olharem que eu estou fazendo essa campanha há um século. Que saco isso! Eu mandei segurar porque já pensei que as pessoas fossem achar isso. Quem foi a primeira pessoa que escreveu para as pessoas não ficarem em cima do muro fui eu. Depois todo mundo copiou o meu post. Chega a ser vergonhoso. Eu sempre me posiciono. Só porque eu acho que a vida dos animais importa, a dos negros importa menos? Nada a ver. Muito pelo contrário. Eu respeito toda forma de vida”.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Muito revoltada e indignada com as criticas que recebeu, Luisa Mell  disse que a sua luta é pela vida e aproveitou a oportunidade para criticar o governo Bolsonaro.

“Gente, olha o cara da Fundação Palmares, olha o presidente racista que colocaram no poder. E não eu que sempre estou a favor de todos os movimentos sociais, apoiando. Eu luto pela vida, pela dignidade dos mais fracos. Chega num ponto em que as pessoas estão perdendo a linha”, concluiu ela para o veículo.

Assista ao vídeo da campanha que Luisa Mell publicou na rede social em 1º de abril:

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ Ex-jogadora de futebol, Madelene Wright, começa a vender fotos sensuais após ser demitida do time
+Iveco fornecerá 1.048 caminhões blindados 8×8 ao Exército Alemão
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel