ISTOÉ Gente

Lugar onde Gabby Petito realmente foi assassinada pode influenciar investigação

Lugar onde Gabby Petito realmente foi assassinada pode influenciar investigação

Gabby Petito e Brian Laundrie

O caso do assassinato de Gabby Petito continua a se desdobrar enquanto autorizades americanas tentam determinar qual o local que a vítima de fato foi morta. Isso porque se ela foi morreu onde seu corpo foi encontrado, na Floresta Nacional de Bridger-Teton, em Wyoming, nos EUA, por fazer parte de território federal, faz com que a responsabilidade seja do FBI (Federal Bureau of Investigation).


Mas, se ela foi morta em outro local, o caso seria encaminhado para as autoridades estaduais responsáveis. Se não houver alguma maneira de determinar onde a influenciadora foi morta, o padrão seguirá sendo onde ela foi encontrada. O principal suspeito, Brian Laundrie, noivo de Gabby, segue desaparecido.

Antes do suposto crime, o casal Gabby Petito e Brian Laundrie iniciaram uma viagem por parques nacionais dos Estados Unidos em junho, quando deixaram a Flórida. Gabby morou com o noivo por um ano antes de iniciarem o trajeto. Eles chegaram em Utah durante o mês de julho.

A última vez que a família de Gabby teve contato com ela foi em 25 de agosto, também data de seu último post no Instagram, onde era influencer. O noivo voltou sozinho para Flórida no dia 1 de setembro e o corpo de Gabby foi encontrado dia 19. O suspeito se recusou a explicar o sumiço da noiva e agora segue desaparecido.

Com informações de TMZ