Economia

Lufthansa tem prejuízo de € 2,12 bilhões no 1º tri e inicia reestruturação

Lufthansa tem prejuízo de € 2,12 bilhões no 1º tri e inicia reestruturação

A Lufthansa afirmou que o Estado alemão deixará de ser acionista no final de 2023 - AFP/Arquivos


A Deutsche Lufthansa AG divulgou nesta quarta-feira, 3, prejuízo líquido de 2,12 bilhões de euros (US$ 2,37 bilhões) no primeiro trimestre e disse que planeja uma profunda reestruturação, uma vez que a pandemia de coronavírus e as restrições relacionadas a viagens atingem suas fortemente suas operações. Já a receita da companhia caiu 18% na comparação anual, para 6,44 bilhões de euros.

A reestruturação inclui medidas na Austrian Airlines e Brussels Airlines, em que reduzirá o número de funcionários em 25% e poderá incluir a venda de unidades de negócios não essenciais.

A empresa espera que a demanda global por voos aumente apenas lentamente e prevê que 300 de suas 763 aeronaves fiquem sem utilização em 2021 e 200 delas em 2022.

Veja também
+ Dublê de 28 anos morre ao tentar recorde com manobra de moto
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago