Esportes

Ludmilla reforça time de Zico para dar visibilidade ao futebol feminino: ‘As mulheres têm que se unir’

A cantora está treinando com a equipe nos últimos três meses e contou que quase foi jogadora do Fluminense

Ludmilla reforça time de Zico para dar visibilidade ao futebol feminino: ‘As mulheres têm que se unir’

A cantora Ludmilla está treinando há três meses no time Zico 10, no Centro de Futebol Zico, na Zona Oeste do Rio. Em reportagem do ‘Globo Esporte’, da ‘Globo’, nesta segunda-feira, a cantora contou que o objetivo é dar visibilidade ao trabalho da equipe e ao futebol feminino.

– Sabia que poderia trazer visibilidade para as meninas. Elas jogam muito, tanto quanto os meninos, até hoje não entendo por que elas não têm o mesmo valor. O futebol feminino não é valorizado, espero que com a minha ajuda, a minha voz, consiga levar essas meninas para onde nunca chegaram, pois merecem. As mulheres têm que se unir cada vez mais para poder alavancar com tudo o que a gente faz na vida. Sou cantora, gosto de jogar futebol e me unindo a elas acho que podemos chegar em lugares maravilhosos – afirmou.

A cantora afirmou que joga futebol desde a infância e quase foi atleta do Fluminense, porém, desistiu da oportunidade no Tricolor após ser aprovada nos testes por morar muito longe do local de treinamento.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

– O futebol está na minha vida desde que eu era pequenininha. Quando morava em Duque de Caxias, meio que treinava, mas nunca fui regradinha, então, ia às vezes. Gostava muito de “pelada” na rua e, numa dessas, um olheiro do Fluminense me chamou para um teste no clube. Eu passei, mas na hora do vamos ver, morava muito longe do CT e precisaria ficar lá durante a semana. Falei: “Não, não é isso que eu quero”. Desisti de ser jogadora, mas foi por pouco, viu, gente? Foi por pouco – afirmou.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel