Economia

Lucro líquido da Meta cai a US$ 7,465 bi no 1º tri, mas supera previsão

A Meta Platforms (Facebook) registrou lucro líquido de US$ 7,465 bilhões no primeiro trimestre, uma queda de 21% na comparação com igual período do ano passado. O lucro por ação ajustado da empresa ficou em US$ 2,72, de US$ 3,30 anteriormente, mas acima da previsão de US$ 2,56.

A receita da companhia foi de US$ 27,908 bilhões, alta de 7% na comparação anual.


Às 17h23 (de Brasília), a ação da empresa subia 13,29% no after hours em Nova York.

A empresa diz esperar que sua receita total no segundo trimestre deste ano fique entre US$ 28 bilhões e US$ 30 bilhões.

Já as despesas totais da empresa neste ano devem ficar na faixa entre US$ 87 bilhões e US$ 92 bilhões, menos que o anteriormente projetado (entre US$ 90 e US$ 95 bilhões).

Os usuários ativos mensalmente do Facebook estavam em 2,94 bilhões em 31 de março, um crescimento de 3% na comparação anual.

A empresa informa ainda que realizou recompra de US$ 9,39 bilhões de sua ação ordinária Classe A no primeiro trimestre.

Em 31 de março deste ano, a Meta tinha US$ 29,41 bilhões disponíveis e autorizados para recompras, diz o balanço.