Agronegócio

Lucro líquido da General Mills cai 52% no 3º tri fiscal para US$ 446,8 milhões

Lucro líquido da General Mills cai 52% no 3º tri fiscal para US$ 446,8 milhões

General Mills, fabricante da Haagen-Dazs, pagou um bilhão de dólares por uma companhia de alimentos para pets - AFP

Nova York, 20 – A General Mills reportou nesta quarta-feira lucro líquido de US$ 446,8 milhões no terceiro trimestre fiscal de 2019, que encerrou em 24 de fevereiro, queda de 52% ante o total de US$ 941,4 milhões reportado em igual período do ano fiscal anterior. O lucro por ação foi de US$ 0,74, contra US$ 1,62 um ano antes.

A receita líquida totalizou US$ 4,19 bilhões no período, aumento de 8% na comparação anual. O resultado ficou em linha com a expectativa de analistas consultados pela FactSet.

A empresa continuou aumentando os preços no trimestre mais recente, o que ajudou a elevar as margens e a prever lucros maiores para o atual ano fiscal.

A General Mills relatou um volume de vendas mais fraco no trimestre para produtos vendidos em lojas nos EUA e no Canadá, assim como na Europa e na Austrália. Mas a companhia disse que os aumentos de preços e as mudanças no mix de produtos vendidos ajudaram a neutralizar essas quedas.

As vendas líquidas em lojas na América do Norte – sua maior fonte de receita – ficaram estáveis em US$ 2,52 bilhões, segundo a empresa. As vendas de cereais e produtos de panificação cresceram nos EUA, enquanto consumidores compraram menos lanches da empresa nos EUA e no Canadá e menos iogurte nos EUA.

Os aumentos de preços nos negócios de varejo na América do Norte, bem como os custos mais baixos de vendas, gerais e administrativos ajudaram a impulsionar os resultados.

A companhia também disse na quarta-feira que espera que seu lucro ajustado para o ano fiscal fique estável ou suba até 1%. Fonte: Dow Jones Newswires.