Agronegócio

Lucro da Kepler Weber cresce 78,7% no 3º tri para R$ 41,1 milhões


São Paulo, 28 – A Kepler Weber, líder no mercado de equipamentos para armazenagem de grãos, obteve lucro líquido de R$ 41,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, aumento de 78,7% ante os R$ 23 milhões apurados em igual período do ano passado, informou a companhia, em relatório. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 63,3 milhões, 64,4% mais do que um ano antes.

A receita líquida da companhia no terceiro trimestre foi a maior já registrada, crescendo 63,9%, para R$ 330,5 milhões. A margem líquida aumentou 1 ponto porcentual, para 12,4%.

Em comunicado sobre os resultados, a empresa destacou a renovação da carteira de pedidos, o êxito na gestão dos custos mais altos das matérias-primas, em conjunto com a estabilização da cadeia de abastecimento, a taxa de câmbio favorável e os elevados preços internacionais das commodities agrícolas.

No terceiro trimestre, o mercado interno representou 89% da receita líquida, e o externo, 11%, contra 73% e 27%, respectivamente, um ano antes. A receita líquida do segmento de armazenagem da Kepler Weber no terceiro trimestre de 2021 cresceu 100,9% em relação a igual período do ano passado, para R$ 245,9 milhões.

Segundo a empresa, o incremento reflete o aumento das entregas de projetos realizados pelos clientes com objetivo de aproveitamento do financiamento PCA (Programa de Construção e Ampliação de Armazéns), a taxa de sucesso acima de 50% nas negociações ocorridas em abril e maio e a retomada do investimento das grandes cooperativas.

A Kepler informou que no fim do terceiro trimestre foram realizadas vendas relevantes, “para uma importante cooperativa do Paraná e para um dos maiores beneficiadores de arroz do Rio Grande do Sul.
Somadas, representam o montante de R$ 60 milhões”.

Já a receita de exportações caiu 33,6%, para R$ 35,7 milhões. De acordo com a Kepler, a queda foi motivada por uma base de comparação mais forte, já que no terceiro trimestre de 2020 a companhia entregou um grande projeto na área portuária do Peru, o que impulsionou o faturamento.

O segmento de movimentação de granéis sólidos (MGS) teve receita líquida de R$ 1 milhão, aumento de 57,5% ante o terceiro trimestre de 2020. A Kepler destacou que, apesar do aumento porcentual, o valor absoluto de R$ 400 mil reflete a escassez de pedidos no segmento desde o segundo semestre de 2020.

Já reposição e serviços (R&S) gerou R$ 47,9 milhões em receita líquida, aumento de 93,2% na comparação anual. Segundo a Kepler, o aumento é “resultado da estratégia adotada nesta área de negócio, para trazer maior recorrência nas receitas da companhia”.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais