ISTOÉ Gente

Luciano Camargo realiza sonho antigo e grava música gospel: “Missão”

Crédito: Reprodução/Instagram

Luciano faz dupla sertaneja com o irmão Zezé Di Camargo (Crédito: Reprodução/Instagram)

O cantor Luciano Camargo, da dupla com Zezé Di Camargo, está realizando um sonho antigo em poder lançar o CD gospel “A Ti Entrego”, com 15 louvores.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Para ele, o projeto pessoal é apenas um paralelo à carreira da dupla: “Sucesso eu já tenho. Estou no melhor momento da minha carreira. O momento que estou cantando louvores para as pessoas (porque no ambiente familiar já o fazia) é bem agora em que me sinto tocando uma vida plena, com equilíbrio e amor. É quando você se sente assim que entende melhor o mundo. Há 20 anos, eu tive vontade de gravar um trabalho assim, mas lá atrás, não teria essa leveza e verdade de agora”, disse.

As canções acontecerá em todas as plataformas digitais no dia 16 de outubro, data de seu casamento com Flavia Fonseca, a quem carinhosamente chama de Fau, mãe de suas caçulas, Helena e Isabella.

“Ela deu o tom, falou que ama o pôr do sol de Orlando (EUA, onde o casal tem uma casa). Passei para a equipe de design a inspiração que surgiu do diálogo com a Flavia. A paleta alaranjada e suas nuances formam a arte do projeto”, conta Bruno Vaz, que chamou Pedro Merino para assinar o design do projeto.

No álbum existem regravações e inéditas. “Te Necessito” (de Jon Carlo) foi produzida em versão bilíngue, em português e espanhol. Luciano e Flavia escutaram todas as músicas que receberam de compositores juntos para selecionar quais iriam ser selecionadas.

Luciano só conseguiu se dedicar ao disco na quarentena, a partir de março de 2020: “Há três anos, eu estava na igreja, senti, ouvindo louvores, que eu precisa gravar um projeto como missão. Liguei para o Vinicius, meu amigo e produtor. Lembrei de quando a minha mãe (Helena) fez esse pedido para mim. Foi em 2000, quando a Fau (Flávia) foi comigo para a fazenda que eu tinha em Goiás. A gente estava namorando, quase noivos. Minha irmã Marlene começou a cantar ‘Foi na cruz, foi na cruz. Onde um dia eu vi/Meus pecados castigados em Jesus/Foi ali, pela fé que meus olhos abri/E agora me alegro em sua luz’, e eu acompanhei”, relembra o artista.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea