Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Luciana Gimenez relatou em suas redes sociais que foi furtada em Londres durante um passeio neste sábado (25). A apresentadora estava dentro de uma loja quando duas garotas tiraram de sua bolsa um dinheiro e saíram correndo.

“Pasmem. Saí do Brasil para ser assaltada em Londres. Acabei de ser assaltada. Estava com um dinheiro. O Lucas está dizendo que foi um furto, só tiraram o dinheiro da minha bolsa. Eu estava para trocar”, começou ela.

Com a situação, a apresentadora percebeu e tentou capturar a meliante. “Eu corri atrás da menina, consegui pegar uma delas. Menina debochada, olhando para a minha cara, debochando da polícia. Um absurdo. Coitados dos policiais de ter que lidar com esse tipo de gente. Eu saí gritando no meio da rua. Eu peguei uma delas, a outra conseguiu escapar. Ela estava com o meu dinheiro e um celular”, desabafou.

A apresentadora admitiu que estava desatenta aos pertences na hora do furto. “Eu dei mole. Fui pagar o negócio no caixa e o dinheiro estava na parte de trás da bolsa. Corri atrás da menina gritando muito. Corri. Mas acho que é uma técnica delas, uma fica mais devagar para você pegar, é a que não tem nada, e a outra consegue escapar. Ficou debochando da cara dos policiais”.

Posteriormente, mais calma, Luciana voltou para os stories para contar mais detalhes sobre o incidente. “Eu estava pagando uma coisa com o meu celular, então não percebi, não prestei atenção. A gente fica chocada. Me deu uma raiva! Eu falei para ela que deveria pensar em estudar e em viver a vida. A moça da loja me falou que os parentes fazem isso também. Quando essas coisas acontecem com a gente, dá um desespero. E o pior é que a polícia falou que elas tem mais direitos que a gente, porque são menores”, explicou.

“A gente fica se sentindo violada. Só porque a menina tem quinze anos de idade, ela tem direitos mais importantes que a gente? Ela roubou o meu dinheiro e o celular de um senhor. A gente fala do Brasil, mas em todos os lugares é igual. É impressionante. Só porque ela tem quinze anos de idade? A menina é ladra, estava debochando da polícia. Falou: ‘A polícia não vai fazer nada porque tenho quinze anos’. A gente tem que saber separar as coisas. A menina é bandida. Eu saí correndo e peguei ela, mas a amiga que estava com o dinheiro”, lamentou, acrescentando: “Não reavi meu dinheiro, me ferrei. Mas pelo menos foi só isso, não pegaram meu passaporte e nem celular, mas foi horrível. A gente se sente violada, e as leis estão confusas no mundo inteiro”, concluiu.