Em Cartaz

Loredano traça a vida de Machado

O caricaturista “do bem” expõe oito retratos inéditos que revelam os traços ocultos do escritor que mais admira

Loredano traça a vida de Machado

Caricatura de Machado de Assis criada por Cássio Loredano

Caricatura de Machado de Assis criada por Cássio Loredano

Ao contrário do que os caricaturistas em geral fazem, Cássio Loredano desenha caricaturas de personagem que admira. “Não que eu não caricaturize políticos e outros profissionais antipáticos”, diz à ISTOÉ. “Mas escritores são gente de confiança. Tenho especial carinho pelas fisionomias deles, mais ricas e interessantes.” Loredano dedicou os últimos meses a seu favorito: o conterrâneo Machado de Assis (1839-1908). Produziu oito “caricaturas simpáticas” do escritor, dos primeiros retratos da juventude à possível última fotografia, recentemente redescoberta na revista argentina Caras y Caretas. Loredano expõe a série em São Paulo. “Machado foi o inventor do humorista nacional, ao lado de Manuel Antônio de Almeida”, diz. Apesar de não existirem espaços na velha imprensa para a caricatura, Loredano prevê vida eterna para o gênero. “Caricatura não morre nunca, e hoje conquista espaços nas redes sociais”, diz. “É como a crônica, que continua a existir sempre que alguém tem uma história para contar.” Instituto José Resende, São Paulo, de 30/11 a 13/2/2020.

7 fases do amigo da linha

> 1948 Cássio Loredano nasce no Rio de Janeiro.

> 1962-1972 Forma-se em São Paulo entre 1962 e 1972

> 1968 Estreia como repórter no Diário do Grande ABC em 1968

> 1972 Dedica-se à caricatura. Colabora com publicações como O Globo, Pasquim, Opinião, O Estado de S. Paulo, Frankfurter Allgemeine, Libération, La Stampa e El País

Divulgação

> 1994 Primeiro livro de caricaturas

> 2018 Livro “Gente de Letras”

> 2019 Pesquisador e curador de mostras no Instituto Moreira Salles , Rio de Janeiro