Geral

Lojas Americanas vai indenizar em R$ 20 mil mulher que levantou camisa para ser revistada

Crédito: Divulgação/Tribunal de Justiça de Goiás

Uma consumidora, que precisou levantar a camisa para ser revistada por um gerente na saída de uma unidade da Lojas Americana, será indenizada em R$ 20 mil. A decisão cabe recurso. As informações são do G1.

De acordo com a sentença, o gerente pediu à cliente que devolvesse qualquer produto que teria sido pego ou contasse caso tivesse devolvido.

Segundo a mulher, ela havia entrado em uma das lojas com uma amiga para comprar um caderno, mas que achou os preços altos e decidiu não adquirir o produto. Na saída, o gerente abordou as duas alegando que elas estavam em “atitude suspeita”.

Em seguida, a dupla foi encaminhada para o canto da loja, próximo a um balcão, onde o gerente pediu que elas levantassem suas camisas, mostrassem suas barrigas e cinturas e que mostrassem o interior de suas mochilas. “Se vocês pegaram alguma coisa devolvam agora! Ou se vocês já devolveram falem agora para a gente”, teria dito o funcionário da loja.

Responsável pela sentença, o juiz Sebastião José de Assis Neto entendeu que a situação foi vergonhosa porque “pessoas conseguiam ver o constrangimento que as duas garotas passaram”.

A sentença com a condenação é de 11 de fevereiro deste ano. O caso, contudo, ocorreu em 2019.