Mundo

Loja de alimentos kosher é incendiada perto de Paris

Loja de alimentos kosher é incendiada perto de Paris

A polícia local acredita que incêndio na loja kosher foi criminosos - AFP/Arquivos

Uma loja kosher em Créteil, sudeste de Paris, que já havia sido pichada com cruzes suásticas há alguns dias, foi incendiada na noite de segunda-feira.

O incêndio teria deixado danos importantes, segundo a procuradora de de Créteil, Laure Beccuau.

“Privilegiamos a pista criminosa”, afirmou.

Este incêndio acontece exatamente três anos depois do ataque jihadista contra um supermercado kosher nos subúrbios de Paris, em que morreram quatro pessoas.

O presidente francês Emmanuel Macron prestou no domingo uma homenagem às vítimas desse ataque e as do atentado contra a revista Charlie Hebdo, realizado dois dias antes.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Em 7 de janeiro de 2015, os irmãos Said e Sherif Kuachi matarom onze pessoas na redação da revista.

Dois dias depois, outro jihadisa, Amédy Coulibaly, matou três clientes e um funcionário judeu no supermercado de comidas kosher.

Veja também

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?