Economia

Locadora de equipamentos Armac pede registro de oferta pública de ações na CVM


A companhia de locação de equipamentos pesados e plataformas elevatórias Armac protocolou nesta terça-feira, 11, o pedido de registro de sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A oferta terá como coordenador líder o Santander, além da atuação do Itaú BBA, do BTG Pactual e do Morgan Stanley.

Segundo o prospecto preliminar enviado à CVM, a Armac registrou lucro líquido de R$ 17,5 milhões em 2020, alta de 68,5% ante o ano anterior. A companhia somou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 56,6 milhões, avanço de 88,4% em relação a 2019.

Em prospecto preliminar da oferta, a empresa diz que possuía uma frota própria de 1.403 equipamentos locáveis ao final de março, com base de clientes distribuída em 17 Estados nos setores de logística agrícola, agroindustrial, fertilizantes, mineração, papel e celulose, transportes e infraestrutura.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago