Livros para ir para a cozinha com a criançada

Crédito: Pexels

(Crédito: Pexels)


Quem me acompanha aqui viu que as duas últimas matérias foram sobre as dificuldades de envolver as crianças quando o assunto é alimentação e como ocupá-las durante as férias em casa. Hoje vou falar um pouco sobre os meus livros que juntam esses dois assuntos. 

No primeiro: Socorro! Meu Filho Come Mal, a ideia era fazer um livro para que a família pudesse aproveitar junta. Então ele começa trazendo 10 conceitos para uma boa alimentação infantil. A leitura é suave e bem simples, assim como deve ser o processo de alimentar uma criança. O livro se divide em capítulos que contam histórias infantis, propõe  atividades lúdicas, desafiam a família em dinâmicas experimentais e recheiam a cozinha com receitas deliciosas.

Cada capítulo, sua história, atividade, dinâmica e receitas se refere a algumas das principais dificuldades alimentares do universo infantil: Guerra ao Verdinho – Experimentar um alimento novo? Eca! – Quando a criança come demais e sem parar – esses são exemplos de alguns capítulos deste livro.

+ REVELADO! Conheça o guia de alimentação ideal para seu filho!

O segundo livro: Socorro! Meu Filho Come Mal – Receitas para Pais e Filhos, é mais focado em receitas, com fotos incríveis e bastante conteúdo também, sempre com um olhar cuidadoso de incluir as crianças no processo e colorir o prato de todo mundo. As mais de 60 receitas deste livro foram divididas em cores. Para encorajar as famílias a irem juntas para a cozinha, em todas as receitas tem sinalização de quando a criança pode ajudar na preparação com segurança.

Um carimbo identificando quantas cores cada receita representa no prato e um esquema de como completar as 5 cores, facilita bastante a negociação com a criançada. E para finalizar o livro e agilizar o dia a dia corrido de quem tem criança em casa um cardápio inteirinho para uma semana, tanto de refeição principal como de lanche, criado apenas com receitas do livro. 

Eu sei que o processo de transformação alimentar de uma criança é complexo e assusta, mas dar o primeiro passo é fundamental, fica aí a sugestão de 2 livros feitos com muita dedicação, cuidado e carinho para ajudar nesse processo. Espero que aproveitem e deliciem-se.

+ Conheça agora o guia de alimentação ideal para seu filho

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Sobre o autor

Nutricionista, Formada pela USU - Rio de Janeiro em 2003, especializada em alimentação infantil. Trabalha com crianças desde 1999, quando, ainda na faculdade, dava aulas de capoeira. Em 2013 estreou como apresentadora no canal GNT dos programas Socorro! Meu Filho Come Mal, Cozinha Colorida da Kapim e, em 2018, o Socorro! Meus Pais Comem Mal. Autora de 2 livros, homônimos dos programas, um deles com mais de 60 receitas para a família toda colocar a mão na massa. Kapim é mãe de dois adolescentes muito legais e que comem superbem, Sofia (15) e Antonio (13). Nesses mais de 20 anos trabalhando com crianças, já ajudou a transformar e melhorar os hábitos alimentares de milhares de famílias, sempre buscando uma conexão saudável entre todas as partes envolvidas: pais, filhos e o alimento.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.