Brasil

“Livro é arma perigosa”, diz Chico Pinheiro a Miriam Leitão após polêmica em evento

Crédito: Reprodução/TV Globo

Chico Pinheiro e Miriam Leitão (Crédito: Reprodução/TV Globo)

Chico Pinheiro saiu em defesa de Miriam Leitão depois que a comissão organizadora decidiu cancelar, nesta terça-feira (16), a participação da jornalista na 13ª Feira do Livro de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. As informações são do UOL.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“Eu dizia que estávamos entrando na Idade Média. Quando 7% dos brasileiros (quase 15 milhões) acreditam que a Terra é plana (Datafolha), não se pode esperar que o exercício intelectual seja tolerado. O livro é arma perigosa, Miriam”, escreveu Chico em mensagem direcionada a jornalista.

Além de Miriam Leitão, a presença do sociólogo Sérgio Abranches também foi cancelada. Os dois teriam sido vetados pela organização em resposta a protestos nas redes sociais.

Veja também

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea