Esportes

Liverpool vence Manchester United e põe 16 pontos de vantagem sobre o City

O Liverpool continua firme em seu caminho rumo ao título da Premier League, após vencer neste domingo em Anfield o Manchester United (2-0), pela 23ª rodada, e agora colocar 16 pontos de vantagem em relação ao vice-líder, o City de Pep Guardiola.

Os ‘Citizens’ empataram (2 a 2) no sábado em casa contra o Crystal Palace (9º) o que aumentou a importância desta vitória do Liverpool diante do United, com gols do zagueiro central holandês Virgil Van Dijk (14), de cabeça, e do egípcio Mohamed Salah (90+3), em um contra-ataque nos acréscimos.

+ Vote em Alisson Becker como o mais sexy de 2020
+ Renata Spallicci conta desafios de se tornar “Musa Fitness”

Um gol de Roberto Firmino aos 25 minutos poderia ter dado tranquilidade ao Liverpool, mas o VAR considerou que o contato de Van Dijk com De Gea foi falta.

“Meus jogadores têm permissão para sonhar, desde que façam bem o trabalho deles no momento em que jogamos”, disse Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, elogiando a torcida em Anfield, que empurrou o time quando estava cansado no final do jogo.

“Não tenho ideia se seremos alcançados na tabela. É uma coisa com a qual não me importo agora. Só temos que pensar no próximo jogo da Liga, contra o Wolverhampton na quinta-feira. Não tenho espaço suficiente em meu cérebro para contemplar mais alguma coisa”, acrescentou.

A vantagem de 16 pontos, faltando 15 rodadas, parece intransponível para o Manchvester City, principalmente porque o Liverpool tem um jogo a menos que o time de Guardiola. Além disso, os ‘Reds’ vivem um momento excepcional, com 21 vitórias e um empate em 22 jogos.

Desta forma, o Liverpool, que tem agora 64 pontos, pode alcançar este ano seu décimo nono título de Liga Inglesa, trinta anos depois de ter conseguido seu último título, em 1990.

 

– Van Dijk não perdoa –

 

A equipe comandada por Ole Gunnar Solskjaer se mostrou competitiva. O atacante Anthony Martial perdeu um gol incrível no segundo tempo (59) quando chutou alto demais da pequena área desperdiçando a chance de repetir o empate do primeiro turno, única ocasião em que o Liverpool não venceu neste campeonato.

“Não aconteceu conforme o previsto”, admitiu o técnico norueguês depois da partida.

“Fomos sólidos na última meia hora, mas não tivemos qualidade no último passe ou nos chutes”, acrescentou.

Mas os Reds mereceram amplamente a vitória, mostrando sua força logo na primeira grande oportunidade, quando van Dijk aproveitou uma marcação muito solta de Brandon Williams após a cobrança de um escanteio e cabeceou para o fundo das redes.

O Liverpool poderia ter aumentado a diferença com Sadio Mané (45), que obrigou David de Gea a fazer uma bela defesa com o pé e depois com Mohamed Salah sozinho a seis metros (48) da meta mas que acabou chutou para fora. Jordan Henderson ainda mandou uma bola na trave (49), após um desvio do goleiro espanhol.

Após o gol de Firmino, que foi anulado, o suspense só acabou nos acréscimos (90+ 3) quando o goleiro brasileiro Alisson Becker deu um passe decisivo para Salah, que partiu em velocidade e decretou a vitória, comemorando com os companheiros como em uma final de campeonato.

 

– Leicester decepciona –

 

Mais cedo o Leicester (3º), que perdeu a solidez do primeito turno, perdeu por 2 a 1 fora de casa para o Burnley (14º), que vinha de quatro derrotas consecutivas.

Os ‘Foxes’ perderam uma boa oportunidade de tirar proveito dos tropeços de seus rivais no sábado. O Manchester City (2º) empatou com o Crystal Palace (2-2) e o Chelsea (4º) perdeu nos acréscimos para o Newcastle (1-0).

Na ‘zona da Champions’, o City tem 48 pontos, o Leicester 45 e o Chelsea 39. Mais atrás o Manchester United (5º) soma 34.

A derrota para o Burnley resume todos os problemas que o Leicester, comandado por Brendan Rodgers, vem sofrendo há várias semanas.

A equipe abriu o placar com uma jogada de força e velocidade de Harvey Barnes, que pegou a bola no meio de campo e não parou até marcar o gol (33).

Os ‘Clarets’ viraram por meio de Chris Wood, de cabeça após uma cobrança de escanteio (56), e Ashley Westwood, com um chute potente após um cruzamento mal afastado.

Os ‘Foxes’, cuja defesa não mostra a solidez do primeiro turno, ainda perderam um pênalti cobrado pelo atacante Jamie Vardy, que vive um jejum de gols, e que foi defendido pelo goleiro Nick Pope (69).

 

 

— Jogos da 23ª rodada do Campeonato Inglês e classificação:

 

– Sábado:

Watford – Tottenham 0 – 0

Brighton – Aston Villa 1 – 1

Arsenal – Sheffield United 1 – 1

Southampton – Wolverhampton 2 – 3

Norwich City – AFC Bournemouth 1 – 0

Manchester City – Crystal Palace 2 – 2

West Ham – Everton 1 – 1

Newcastle – Chelsea 1 – 0

 

– Domingo:

Burnley – Leicester 2 – 1

Liverpool – Manchester United 2 – 0

 

 

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Liverpool 64 22 21 1 0 52 14 38

2. Manchester City 48 23 15 3 5 64 27 37

3. Leicester 45 23 14 3 6 48 23 25

4. Chelsea 39 23 12 3 8 39 30 9

5. Manchester United 34 23 9 7 7 36 27 9

6. Wolverhampton 34 23 8 10 5 34 30 4

7. Sheffield United 33 23 8 9 6 25 22 3

8. Tottenham 31 23 8 7 8 36 31 5

9. Crystal Palace 30 23 7 9 7 22 26 -4

10. Arsenal 29 23 6 11 6 30 32 -2

11. Everton 29 23 8 5 10 26 33 -7

12. Newcastle 29 23 8 5 10 22 34 -12

13. Southampton 28 23 8 4 11 29 42 -13

14. Burnley 27 23 8 3 12 26 38 -12

15. Brighton 25 23 6 7 10 26 31 -5

16. West Ham 23 22 6 5 11 26 34 -8

17. Watford 23 23 5 8 10 20 34 -14

18. Aston Villa 22 23 6 4 13 29 44 -15

19. AFC Bournemouth 20 23 5 5 13 20 36 -16

20. Norwich City 17 23 4 5 14 23 45 -22

 

 

./bds/bur/psr/dr/aam

Tópicos

ENG fbl