Edição nº2548 19/10 Ver edições anteriores

Lista negra

Andre Dusek

No início de agosto, o TCU enviará à Justiça Eleitoral a “lista de inelegíveis”. São  pessoas que no exercício da função pública tiveram suas contas rejeitadas por mau uso de verbas repassadas pela União. Os problemas mais comuns são falta de merenda escolar e de remédio nas unidades de saúde, fraudes em licitações para a compra de equipamentos e obras e contratação ilegal de prestadores de serviço. Apesar disso, o trabalho é meramente informativo. Em última instância é o TSE quem decide  se o candidato disputará ou não as eleições.

Medicina
Prova extra

Michel Temer pode criar por decreto o exame obrigatório para habilitar formandos em Medicina ao exercício profissional – assim como o exame da OAB em relação aos advogados. Proposto pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo, o projeto, que sugere provas para alunos dos 4º e do 6º anos, está se arrastando na Câmara dos Deputados desde o início de 2017. A lentidão abriu espaço para a simpatia presidencial de fim de mandato.

Desestatização
Amanhã incerto

Subiu no telhado o plano de conceder ao setor privado a exploração da loteria Raspadinha (Lotex). Disputas entre os Ministérios da Cultura, dos Esportes e da Segurança pelo R$ 1 bilhão que o governo espera arrecadar no leilão levaram o Planalto a determinar mudanças no edital. A indefinição quanto às regras a serem adotadas esfriou o interesse dos poucos grupos estrangeiros que cobiçavam o negócio. Se o clima não mudar, faltará comprador no pregão.

Agricultura
Produção com afeto

Com o objetivo de “zelar pelo bem-estar dos animais”, o Ministério da Agricultura abriu uma consulta pública que vai dar o que falar. O foco da Portaria 195, publicada no DOU de 4 de julho, trata a princípio da criação comercial de porcos. Mas alcançará outros animais. Se aprovadas, as propostas quebrarão velhos hábitos nas granjas. Técnicos da Pasta querem acabar com o confinamento de porcas reprodutoras em gaiolas de gestação; que o suíno com mais de dois dias de nascido só possa ser castrado com anestesia geral etc. Aos criadores será dado prazo para se adaptarem às medidas.

PSDB
O eleito

O presidenciável Geraldo Alckmin acaba de contratar novo advogado para cuidar da área jurídica de sua campanha. Trata-se de Ricardo Penteado, especialista em Direito Eleitoral. Curiosidade: o causídico representa o governador de São Paulo, Márcio França, em ações movidas contra João Dória.

RIO
Borracha cara

Os 70 deputados da Assembleia Legislativa do Rio anunciaram a intenção de doar ao estado, até dezembro, todos os seus carros oficiais. Mas, como o escorpião não é capaz de trair a natureza, na terça-feira 17 a Assembleia Legislativa abriu pregões para compra de peças de reposição e de 75 mil litros de gasolina destinados à frota da Casa. A conta pode chegar a R$ 600 mil – ou quase R$ 9 mil por carreta parlamentar.

Odebrecht
Panos quentes

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Palácio do Planalto viu o dedo de Renan Calheiros na primeira reação do TCU de criar impedimento para o acordo de leniência assinado pela Odebrecht com a AGU e a CGU, na semana passada. É que o caso no tribunal terá Bruno Dantas como relator. Ele, que está voltando de férias, sempre foi visto como pessoa próxima ao senador. Mas prevalece na Corte a tese de não pedir liminar face ao acordo.

Infraestrutura
Descarrilou

Divulgação

A abertura de processo de caducidade da concessão para a construção da Ferrovia Transnordestina, por parte da Agência Nacional de Transportes Terrestres, teve um primeiro efeito. Pediu demissão da empresa o executivo Sérgio Leite, no cargo desde 2016. Não quis comandar obra parada. Lançado em 2006, o trajeto de 1.728 km era para estar pronto em 2010, adiou-se para 2012, 2016 e 2017. Nesse meio tempo, a PricewaterhouveCoppers auditou a Transnordestina (controlada pela CSN e já dirigida por Ciro Gomes) e constatou um prejuízo de R$ 150 milhões, nos dois últimos anos.

Propaganda eleitoral
Sem exposição

Quantos candidatos da base aliada pedirão a Michel Temer que grave mensagens de apoio às suas candidaturas nas eleições de outubro? E que suba em palanques? Na pesquisa CNI/Ibope de junho, o percentual da população que avaliou o governo como ruim ou péssimo bateu 79% – era 72% em março. Ou seja, a imagem de Temer talvez nem o MDB vai querer colada na legenda.

Lava Jato
Nada de beijo

Considerado foragido da Justiça brasileira, Raul Schimidt não passará o Dia dos Pais com a filha Nathalie, em Lisboa. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou pedido dela, mantendo retido o passaporte e a proibição de que deixe o Brasil. Autoridades brasileiras seguem tentando obter a extradição de Schimidt, investigado como operador no repasse de propinas a ex-diretores da Petrobras. Para a 13ª Vara Federal de Curitiba, a jovem auxiliou a fuga do pai. A tese é aceita pelo TRF4. Para o desembargador João Gebran Neto, a relação entre pai e filha envolve “aspectos familiares, comerciais e financeiros”.

Seguro
Outro patamar

O Conselho Nacional de Seguro e Previdência definirá em breve os valores dos seguros obrigatórios para veículos automotores. Enquanto isso, a Susep e a Seguradora Líder discutem um reajuste na indenização paga em acidentes de trânsito. Dos atuais R$ 13.500, a quantia pode subir para cerca de R$ 25 mil. Desde 2007 a remuneração é a mesma, período em que os acidentes e os custos de tratamento só cresceram.

Eleições 2018
Pela unidade

Pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB, Manuela D´Ávila vê com preocupação o tabuleiro político, a menos de três meses das eleições. Teme que nenhum candidato da esquerda chegue ao segundo turno, sem um diálogo com seriedade sobre uma aliança entre ela, Lula (ou seu candidato), Ciro Gomes (PDT) e Guilherme Boulos (PSOL). “É o desafio que temos”, afirmou, depois de dar palestra na Força Sindical, na semana passada.

REDE
Rateio doido

Adriana Spaca

“Moralmente correta”, Marina Silva foi alvejada pela Resolução (6/2018) da Executiva Nacional da Rede. Para privilegiar a disputa pelo Planalto, a cúpula do partido ficará com metade da verba do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. Como o TSE determinou que 30% dos recursos têm de ser reservados para as campanhas de mulheres, os candidatos da legenda nas eleições estão quase à míngua. Vale lembrar que sem bancada federal forte a Rede não terá aumento do fundo partidário e, sem eleitos, não crescerá no futuro seu tempo de TV – hoje minguados 9s.

TV
Em baixa

Não foram apenas os torcedores brasileiros que imaginaram dias felizes com a Copa da Fifa. Também os donos de canais de TV por assinatura. Passada a festa, contas foram feitas. O torneio não alavancou vendas. Do ano passado até agora, a perda soma 1 milhão 850 mil clientes. Hoje, a base tem cerca de 17 milhões de contratos.


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.