Geral

Lira decide restringir circulação de visitantes na Câmara após lockdown no DF


O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), decidiu restringir a circulação de visitantes na Casa, depois da decisão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, de fechar todos os serviços não essenciais a partir da zero hora deste sábado, 27, para conter o avanço do novo coronavírus.

Em nota divulgada há pouco, a assessoria da presidência da Câmara informa que Lira conversou ao telefone com Ibaneis, que informou sobre o lockdown no DF e recomendou a restrição da circulação de visitantes na Câmara. “O presidente Arthur Lira concordou com a recomendação e enviou a decisão ao primeiro-secretário da Casa para formalização do ato”, diz a nota da assessoria.

O Senado também proibiu a entrada de visitantes. O ato do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), veda o acesso de visitantes às dependências da Casa enquanto durar as medidas do governo do DF.

Veja também

+ Receita simples de bolo Red Velvet
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS