O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que os deputados devem começar a tratar nesta semana da admissibilidade da reforma administrativa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Ainda segundo ele, os requerimentos relacionados à reforma tributária devem começar a andar em breve. Há duas propostas, uma da Câmara e uma do Senado.

Lira disse que a intenção é que deputados e senadores discutam um texto de consenso numa comissão especial.

“A reforma tributária demandará alguns meses no Congresso”, afirmou, em live dos jornais O Globo e Valor Econômico.

Lira prevê entre seis a oito meses entre discussões, tramitação e aprovação da proposta no Legislativo.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias