Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Muitas pessoas acreditam que, quando se encontra a “pessoa certa”, estabelecer limites não é necessário. Essa concepção é um equívoco que pode arruinar um relacionamento

+ Como evitar brigas e ter discussões construtivas no relacionamento

+ Namoro virtual: 6 dicas para não comprometer sua saúde emocional 

Os limites são uma parte importante do cultivo da vulnerabilidade, intimidade e segurança em um relacionamento, além de darem espaço para proximidade e compreensão. Com informações do “USA Today”, saiba como estabelecer limites em suas relações românticas.

Estabelecendo limites

Existem seis tipos de limites: físicos, emocionais, sexuais, intelectuais, materiais e temporais. Todos eles são importantes em qualquer relação, e devem ser estabelecidos assim que se conhece alguém novo.

Limites assustam: eles podem ser vistos como uma ameaça ao relacionamento, já que estabelecê-los pode afastar a pessoa amada. No entanto, não estabelecer um limite pode ser uma ameaça ao seu relacionamento com você mesma e à sua satisfação com seus relacionamentos interpessoais. 

Se você não sabe como começar a impor limites em sua relação, aqui estão alguns exemplos de frases que podem te ajudar:

“Não estou pronta para um relacionamento sério”;

“Uma taça de vinho é o meu limite”;

“Não me sinto confortável com mensagens sexuais”;

“Não me sinto confortável para falar sobre minha família”;

“É importante para mim separar um tempo para meus amigos”;

“Ainda não me sinto segura para ter relações”;

“Hoje não posso, mas amanhã estou livre!”; 

“Eu não mando mensagens enquanto estou no trabalho”;

“Não gosto de demonstrações públicas de afeto. Você pode parar, por favor?”

“Precisamos falar sobre testes de ISTs e/ou métodos contraceptivos antes de fazermos sexo”;

“Não me sinto confortável com você expondo nossa vida sexual para outras pessoas”;

“Não estou pronta para conhecer seus pais”;

“Se você fizer comentários degradantes sobre meu corpo, vou terminar com você”;

“Não quero ter relações sexuais se você estiver bêbado(a)”;

“Não gosto que você mexa em meu telefone sem minha permissão”;

“Preciso de um tempo para pensar e depois te respondo”;

“Quero uma relação monogâmica agora”.

Lembretes importantes

• Você pode ter que articular seus limites mais de uma vez;

• Você precisa responsabilizar as pessoas pelas ações delas para ser levada a sério;

• Estabelecer limites com os outros geralmente começa com o estabelecimento de limites para você mesmo;

• As pessoas só levarão seus limites a sério se você os levar;

• Limites podem mudar com o tempo;

• Para impor um limite, você deve comunicá-lo claramente;

• Respeite os limites das outras pessoas se você espera que elas respeitem os seus;

• Caso alguém resista aos seus limites, não significa que eles sejam irracionais ou errados.

Os limites não têm como finalidade dar ultimatos e sugestões passivas ou obter controle das situações. Eles significam comunicar suas necessidades, expectativas e o que você está disposta a tolerar ou não.