Comportamento

Ligações de emergência por violência doméstica aumentam 60% durante confinamento na Europa

Ligações de emergência por violência doméstica aumentam 60% durante confinamento na Europa

S.F, grafiteiro grego de 16 anos, grafita o telhado de um prédio em Atenas, inspirado no aumento de casos de violência doméstica em meio ao confinamento para conter a pandemia de coronavírus - AFP

Os serviços de emergência em toda Europa registraram um aumento de até 60% nas denúncias de mulheres vítimas de violência doméstica durante o confinamento pelo novo coronavírus, alertou nesta quinta-feira (07) a regional da OMS na Europa.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a violência doméstica contra o cônjuge ou filhos tende a aumentar em tempos de crise, principalmente com as medidas de restrição e de confinamento adotadas para conter a propagação do novo coronavírus.

“Os Estados-membros relatam um aumento de até 60% nas ligações de emergência de mulheres vítimas de violência por parte de seu parceiro em abril deste ano, em comparação com o ano passado”, afirmou Hans Kluge, diretor da Europa para a OMS, em coletiva de imprensa online em Copenhague.

“As denúncias estão aumentando em quase todos os países”, destacou uma especialista da organização, Isabel Yordi.

A Agência de Saúde Sexual e Reprodutiva das Nações Unidas (UNFPA) calcula que se o confinamento continuar, nos próximos seis meses terão mais 31 milhões de casos de violência doméstica no mundo.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

O setor europeu da OMS, que compreende 53 países tão heterogêneos como Rússia e Andorra, possui 1,6 milhão de casos oficiais de COVID-19 e cerca de 150.000 mortes relacionadas ao vírus, segundo dados da organização.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel