Esportes

Liga Espanhola expulsa time da 2ª divisão por não pagar salários dos jogadores

A Liga Espanhola de Futebol, que organiza os campeonatos na Espanha, anunciou nesta segunda-feira a expulsão por três temporadas da equipe do Reus, que joga a segunda divisão nacional, pelo não pagamento de salários aos seus jogadores, além de impor uma multa de 250 mil euros (R$ 1,07 milhão).

A inadimplência nos últimos meses fez com que vários jogadores deixassem o clube, que ficou com apenas quatro profissionais. Os atletas agora estão livres para assinar pela equipe que eventualmente desejar contratá-los.

Russell Platt e Clifton Onolfo, dois investidores norte-americanos, anunciaram há uma semana a compra de 99,7% das ações do clube, que possui uma dívida de 5 milhões de euros (R$ 21,5 milhões).

Fundado em 1909, o Reus é o 20.º colocado na segunda divisão espanhola, que conta com 22 equipes. O time soma cinco vitórias, seis empates e 10 derrotas, com 21 pontos ganhos. O time tem 15 dias para apelar perante o Tribunal Administrativo de Deporte (TAD, na sigla em espanhol).

COPA DO REI – O estádio Benito Villamarín, do Betis, em Sevilha, com capacidade para 61 mil torcedores, vai ser o local da final da edição desta temporada da Copa do Rei, que será no dia 25 de maio, superando a disputa com o estádio Mestalla, do Valencia.

O Betis está nas quartas de final e empatou o primeiro jogo contra o Espanyol. O duelo de volta está marcado para esta quarta-feira, em Sevilha. Outros confrontos são: Valência x Getafe (primeiro jogo: 0 x 1), Barcelona x Sevilla (0 x 2) e Girona x Real Madrid (2 x 4).