Brasil

Líder do Podemos anuncia que partido ficará independente no governo Bolsonaro

Assim como ocorreu com quase todos os partidos que se reuniram com Jair Bolsonaro nos últimos dias, com exceção do PR, o Podemos sinalizou apoio ao futuro governo, mas disse que vai manter independência. “A posição oficial do partido é manter a independência, mas vai ajudar o governo”, anunciou a presidente da legenda, deputada Renata Abreu. O líder da legenda, Diego Garcia, disse que haverá apoio “a tudo que é importante para o País”. “Não seremos uma oposição burra, mas não vamos aceitar votações goela abaixo sendo impostas”, declarou Garcia. Até o momento, apenas o PR decidiu integrar formalmente a base aliada do governo.