Teste: LG Velvet chega com design diferenciado e bom desempenho

Teste: LG Velvet chega com design diferenciado e bom desempenho

Durante anos, a LG apostou na série G para o segmento de smartphones premium. Embora tenha produzido bons aparelhos, nenhum deles se tornou um sucesso de vendas e, ao longo dos anos, a empresa coreana foi perdendo posições no ranking global dos grandes fabricantes, principalmente para rivais chinesas. A empresa, no entanto, ainda é forte no Brasil, sendo a terceira no ranking nacional (atrás de Samsung e Motorola).

Neste ano, a LG faz um “reboot” em seus smartphones premium e o primeiro representante desta nova fase é o LG Veltet (R$ 4.299). O aparelho tem design bem diferente dos aparelhos da linha G e busca seu espaço entre os intermediários premium e os aparelhos topo de linha. Confira o teste.

Design

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

Aqui está um ponto certamente forte do aparelho. O Velvet é sem dúvida um smartphone muito bonito. Com bordas ligeiramente curvadas, ele é mais fino nas laterais do que nas partes superior e inferior. O resultado é um celular com boa ‘pegada’, que fica firme nas mãos mesmo com uma tela gigante de 6,8 polegadas.

Na parte traseira, as câmeras e o flash em forma de gota são outro toque elegante do aparelho. Apenas a câmera principal fica um pouco para fora do corpo do aparelho, mas é algo milimétrico. Assim, o Velvet não traz o famoso “calombo” usados para acomodar câmeras e comum em outros aparelhos. Vale notar que, mesmo fino, o Velvet traz a tradicional conexão P2 de fones de ouvido.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Configuração

Nos testes, o Velvet se saiu muito bem e não engasgou mesmo em games pesados e quando havia muitos apps abertos. O bom desempenho, claro, é esperado para um aparelho na faixa de R$ 4 mil e com 6 GB de RAM e chip Snapdragon 845.

Aqui vale notar que o 845 era o melhor processador da Qualcomm… em 2018. Fãs de especificações provavelmente vão torcer o nariz para um aparelho que usa um chip de 2 anos atrás. O fato, porém, é que o 845 entrega desempenho mais do que suficiente para rodar qualquer app. Além disso, usar um chip mais antigo certamente ajudou o aparelho a ficar na faixa de R$ 4 mil.

Um ponto a notar no Velvet aqui é a ausência do 5G. Com o leilão das frequências marcado para o ano que vem, é possível que o 5G “de verdade” chegue ao Brasil só no fim de 2021, ou até mesmo só em 2022. Atualmente, no entanto, algumas operadoras já oferecem um “5G fake”, aproveitando as frequências do 4G para fornecer velocidades maiores (usando a tecnologia conhecida como DSS). Samsung e Motorola já vendem no Brasil aparelhos compatíveis com esse padrão.

Já o Velvet chega sem qualquer suporte para o 5G. Normalmente, quem compra um aparelho de R$ 4 mil  costuma ficar com ele por pelo menos 3 ou 4 anos. Assim, a falta do 5G pode desestimular alguns potenciais compradores, já que eles não poderão aproveitar os benefícios da tecnologia quando ela chegar por aqui, ou nem mesmo experimentar o atual “5G fake” já disponível.

No fim das contas, não dá para dizer se a decisão sobre o chip foi certa ou errada, mas sim apenas uma opção de mercado. Ao optar pelo 845, a LG em tese reduziu o custo do aparelho, mas abriu mão do suporte ao 5G que teria com o chip 765G (usado em versões do aparelho vendidas em outros países).

Um recurso interessante do Velvet é a capacidade de funcionar com uma segunda tela, comprada à parte. No evento de lançamento, a LG afirmou que a tela auxiliar seria vendida no Brasil. Mas até o fechamento do teste não havia informações sobre data ou preço do acessório.

Nos testes de uso cotidiano, a bateria do Velvet teve bom desempenho. Deu para ficar quase dois dias sem carregar o aparelho. Como outros aparelhos da LG, o Velvet tem certificado de resistência com padrão militar dos Estados Unidos, e proteção IP68 contra água e poeira, o maior nível do mercado. De todo modo, para os mais cautelosos, é bom saber que uma capa de plástico transparente acompanha o aparelho.

As câmeras são um dos pontos mais observados por quem compra um smartphone. E no caso do Velvet dá pra dizer que elas se saem bem na maioria dos casos. Mesmo em fotos noturnas, o software faz um trabalho eficiente para minimizar ruídos. Não dá para dizer que a qualidade é comparável a de smartphones top, como os aparelhos iPhone 11, mas certamente as fotos vão satisfazer a maioria dos usuários.

Conclusão

Dependendo do ponto de vista, com preço de R$ 4,3 mil, o Velvet pode ser considerado um “intermediário premium caro” ou um “smartphone premium barato”. Alguns pontos, como o processador antigo e a ausência de 5G, deixam o aparelho abaixo de outros smartphones top, como os aparelhos das linhas Galaxy S e Note lançados neste ano. Por outro lado, concorrentes como Samsung e Motorola oferecem aparelhos com configuração semelhante por preços mais baixos (no caso, Galaxy A71 por R$ 2,8 mil e Motorola Edge 5G por R$ 3,4 mil). Assim, o Velvet chega como uma boa opção para quem quer um produto com design sofisticado, excelente desempenho em apps e games e câmeras de boa qualidade. Mas seu preço o deixa em desvantagem em relação a aparelhos com configurações similares.

Ficha técnica – LG Velvet

Tela: 6,8 polegadas P-OLED proporção de 20,5:9
Processador: Qualcomm Snapdragon 845
Memória: 6 GB de RAM / 128 GB de armazenamento + entrada para cartão
Bateria: 4.300 mAh
Câmeras: principal de 48MP, grande angular de 8MP e 120º, câmera de profundidade de 5MP, selfie de 16 MP
Conexões: Wi-Fi dual band 2,4/5 GHz, Bluetooth, NFC, conector USB-C, entrada para fone de ouvido
Sistema: Android 10
Preço: R$ 4.299

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.