Esportes

Lewis Hamilton vence GP de Portugal e bate recorde de vitórias de Schumacher

O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o Grande Prêmio de Portugal de Fórmula 1 neste domingo, e chegou à vitória de número 92 na categoria, ultrapassando o recorde de 91 conquistas do alemão Michael Schumacher.

O segundo lugar ficou com o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de equipe de Hamilton, e o terceiro com o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

Essa foi a sétima vez que o inglês terminou uma das 12 etapas da atual temporada em primeiro lugar, somando assim 230 pontos na liderança do Mundial, muito à frente do segundo colocado Botas (161) e do terceiro Verstappen (141), faltando cinco provas para o fim do campeonato, no qual pode chegar ao sétimo título, igualando outro recorde de Schumacher.

“Ainda não tive tempo para pensar muito sobre isso, ainda estou mentalmente na corrida”, respondeu Hamilton sobre a importância de ser, a partir de agora, aos 35 anos, o detentor do recorde de vitórias na F1.

“Devo isso às pessoas da equipe que não param de inovar e trabalhar”, acrescentou o atual campeão da categoria, que conquistou cinco de seus seis títulos mundiais com a Mercedes.

Hamilton, que largou no Algarve na pole position, pela 97ª vez na carreira, perdeu a liderança da prova antes da primeira volta e só conseguiu recuperar o primeiro posto ao utrapassar Bottas na 20ª volta, num GP realizado sob leve chuva e fortes rajadas de vento.

“Hoje foi duro, mas acima de tudo foi uma questão de temperatura”, disse o vencedor, já que os pilotos tiveram que lidar com o desgaste dos pneus, além do aquecimento difícil, no novo asfalto de Portimão.

— Classificação final do Grand Prêmio de Portugal, 12ª etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1, disputado neste domingo no circuito do Algarve (4,653 km):

1. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) os 306,826 km em 1 h 29:55.770

2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 25.592

3. Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) a 34.508

4. Charles Leclerc (MON/Ferrari) a 1:05.312

5. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Honda) a 1 volta

6. Carlos Sainz Jr (ESP/McLaren-Renault) a 1 volta

7. Sergio Pérez (MEX/Racing Point-Mercedes) a 1 volta

8. Esteban Ocon (FRA/Renault) a 1 volta

9. Daniel Ricciardo (AUS/Renault) a 1 volta

10. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 1 volta

11. Kimi Räikkönen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 1 volta

12. Alexander Albon (TAI/Red Bull-Honda) a 1 volta

13. Lando Norris (ING/McLaren-Renault) a 1 volta

14. George Russell (ING/Williams-Mercedes) a 1 volta

15. Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari) a 1 volta

16. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 1 volta

17. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) a 1 volta

18. Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) a 2 voltas

19. Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri-Honda) a 2 voltas

Volta mais rápida: Lewis Hamilton (INGMercedes) 1:18.750 na 63ª volta (média: 267,337 km/h)

Abandono:

Lance Stroll (CAN/Racing Point-Mercedes): problema mecânico 52ª volta

jld/dif/gh/lca

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel