Esportes

Levante apresenta denúncia e Barcelona pode ser desclassificado da Copa do Rei

A classificação do Barcelona às quartas de final da Copa do Rei está sob risco. Nesta sexta-feira, o Levante apresentou uma denúncia à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol) contra o clube catalão por conta de uma possível escalação irregular do zagueiro uan Brandariz Movilla, mais conhecido como Chumi.

De acordo com a imprensa espanhola, o jogador teria que cumprir suspensão automática por acúmulo de cartões amarelos jogando pelo Barcelona B, na terceira divisão do Campeonato Espanhol, e não poderia ter ido a campo no jogo de ida das oitavas de final contra o Levante, na semana passada, em Valência – derrota por 2 a 1.

Chumi foi titular nesta partida e atuou até os 13 minutos do segundo tempo, quando acabou substituído por Lenglet. Ele recebeu um cartão amarelo aos 43 da primeira etapa.

Em entrevista concedida à emissora espanhola TV3, Quico Catalán, presidente do Levante, disse que comentou o caso com o mandatário do Barcelona, Josep Maria Bartomeu. “Falei com ele que vamos apresentar um recurso. Sei que é ruim, mas você tem que defender os interesses do seu clube. É algo compressível, um dia acontece com um, outro dia com outro. Deus queria que não ocorra conosco algum dia”, afirmou o dirigente. “Tenho bem claro que a denúncia que apresentaremos está muito bem trabalhada, baseada em muitos aspectos sólidos e temos toda a confiança do mundo de que a Justiça vai imperar”.

A direção do Barcelona se defende dizendo que houve uma mudança no regulamento geral de competições que permitia a escalação de Chumi na Copa do Rei, já que trata-se de competições diferentes. Além disso, segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo, o prazo para um recurso seria de 48 horas e, como o jogo de ida aconteceu na semana passada, a denúncia do Levante não teria mais validade.

A derrota no jogo de ida aconteceu com o Barcelona com nove reservas em campo. Nesta quinta-feira, com quase todos os titulares de volta, incluindo o craque argentino Lionel Messi, o time catalão derrotou o Levante por 3 a 0 e garantiu com tranquilidade, em campo, a vaga nas quartas de final da Copa do Rei.

Atual tetracampeão da Copa do Rei, o Barcelona corre o risco agora de repetir o que houve com o rival Real Madrid em 2016. O time da capital foi eliminado ainda na terceira fase da competição, anterior às oitavas de final, devido à escalação irregular do meia russo Denis Cheryshev contra o Cádiz.