Esportes

Lesionado, Lukaku desfalca Inter de Milão contra o Barça na Liga dos Campeões

O técnico Antonio Conte sofreu uma baixa de última hora para o importante duelo da Inter de Milão contra o Barcelona, nesta quarta-feira, no Camp Nou, pela fase de grupos da Liga dos Campeões. O atacante Romelu Lukaku foi vetado nesta terça em razão de uma lesão muscular.

“Não vamos poder contar com Lukaku porque ele tem uma pequena lesão muscular. Fizemos os exames, que deram negativo, mas as dores persistiram. Então, decidimos não arriscar”, disse o treinador. “Fazia dez dias que ele vinha sofrendo com estas dores no quadríceps [coxa]”, completou Conte, em entrevista coletiva.

Veja também

+ Humvee está à venda pronto para as ruas (ou para a guerra)
+ Kawasaki Vulcan pode ganhar motor turbo da Ninja H2
+ Lordstown Motors lança picape elétrica Endurance nos EUA
+ Gracyanne Barbosa dança muito e encanta com rebolado
+ Honda lança concurso de customização da CB650R
+ A parceira de Elon Musk, Grimes está vendendo sua alma por US $ 10 milhões

A baixa é de peso porque Lukaku vinha sendo titular da equipe de Milão no Campeonato Italiano. O atacante belga foi o principal reforço para o setor ofensivo do time na última janela de transferências. Sem Lukaku, Conte vai escalar Alexis Sanchez e Lautaro Martínez como dupla de ataque.

Sem o atacante belga, a Inter tentará buscar a primeira vitória no Grupo F, após estrear com um inesperado empate de 1 a 1 com o Slavia Praga, no Giuseppe Meazza. “Nosso grupo é interessante e difícil, percebemos isso logo no primeiro jogo, com o empate em casa. Mas, se temos ambição, desejo e esperança para seguir em frente, devemos tentar somar pontos em qualquer campo”, disse Conte.

O técnico, contudo, admitiu a dificuldade de jogar na casa do Barcelona. “Jogar aqui não é fácil, mas vamos jogar as nossas cartas com grande respeito ao Barcelona, que é candidato natural à chegar à final”, declarou o treinador da Inter.

Conte avisou que não pretende adotar postura defensiva no estádio do time catalão. “Não viemos ao Camp Nou para tentar limitar os danos”, declarou.