Economia

Latam consegue novo financiamento de US$ 1,3 bi

Latam consegue novo financiamento de US$ 1,3 bi

(ARQUIVO)Avião da Latam Airlines na pista do Aeroporto Internacional de Santiago, em Santiago, em 26 de maio de 2020 durante a pandemia de coronavírus. - AFP/Arquivos

A companhia aérea chileno-brasileira Latam anunciou nesta quinta-feira(09)a obtenção de um financiamento no valor de 1,3 bilhão de dólares para enfrentar a crise causada pela pandemia de coronavírus.

O aporte foi prometido pela empresa americana Oaktree Capital Management e se soma aos 900 milhões de dólares emprestados pela Qatar Airways e famílias Cueto e Amaro, acionistas da companhia, para evitar a falência da empresa, fortemente afetada pelo fechamento das fronteiras após a disseminação mundial da COVID-19.

Dessa forma, a Latam, considerada a maior companhia aérea da América Latina, atende às seções A e C do processo de recuperação judicial apresentado em maio com base no Capítulo 11 da lei de falências dos Estados Unidos.

“Hoje, o grupo Latam deu um grande passo para garantir sua continuidade operacional, obtendo da Oaktree Capital Management e de suas subsidiárias o compromisso de todo o financiamento da seção A”, disse Roberto Alvo, CEO do Latam Airlines Group, em nota.

A proposta deve ser revisada e aprovada pelo tribunal de Nova York nos próximos dias. Se a medida for autorizada, a Latam “espera que não seja necessário pedir apoio financeiro dos governos”.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

A companhia aérea também anunciou que a Latam Brasil aderiu ao Capítulo 11 devido ao prolongamento da pandemia, o que facilitará o acesso à proposta de reestruturação da dívida.

Antes da pandemia, a Latam tinha 145 destinos em 26 países. A companhia, com mais de 42.000 funcionários, operava aproximadamente 1.400 voos diários, transportando mais de 74 milhões de passageiros anualmente.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?