Marlene Mattos, de 74 anos, deixará o time de funcionários da RedeTV!. Procurada pela nossa reportagem, a veterana, que havia sido contratada, em novembro do ano passado, como diretora dominical do programa “Geral do Povo”, apresentado por Geraldo Luís, confirmou a informação.

+Morte investigada, ex-mulher em choque e caixão: o que se sabe sobre o falecimento de Nahim

“Sigo como diretora do programa até o dia 30 de junho”, afirmou Marlene.

Em nota à imprensa, a RedeTV! diz que a decisão da saída de Marlene Mattos da emissora foi tomada em comum acordo. Leia abaixo!

“Após a implementação do programa ‘Geral do Povo’, chega ao fim a parceria contratual entre a RedeTV! e Marlene Mattos. Em comum acordo, a diretora deixa a emissora no próximo dia 1º, seguindo o que foi previamente estabelecido entre as partes. A RedeTV! agradece a contribuição de Marlene durante este período e deseja sucesso em seus projetos”, informa o comunicado.

‘Largou o programa na mão de assistente’

Segundo fontes de IstoÉ Gente dentro da emissora localizada em Osasco, São Paulo, que não quiseram se identificar, vários fatores podem ter contribuído para a saída de Marlene Mattos da RedeTV!, como a polêmica do “jabá” – que foi exposta pela coluna de Fábia Oliveira, do Metrópoles, que, de certa forma, arranhou muito a imagem do programa.

Além disso, a diretora não queria dar entrevistas para falar do programa, mas sobre outros projetos sempre falava publicamente.

Fontes também afirmaram que Marlene não parceria muito dedicada com o dominical, visto que estava sempre mais fora da produção na emissora. A direção não estava muito contente com o seu nome envolvido nos casos de “jabá”, algo que irritou Andréa Dalevo, Head of Content & Programming Strategy da RedeTV!.

A desorganização da produção do programa também foi um motivo considerável. “Eles não olhavam os vídeos da matérias gravadas pelo Geraldo, antes de entrar no ar, gerando erros grotescos que culminou na demissão de um editor”, garantiu um profissional da RedeTV!.

“Marlene praticamente largou o programa na mão de uma assistente inexperiente e que fez alguns desafetos na emissora. Diante de várias coisas, a sua permanência ficou inviável”, completou a fonte.

A IstoÉ tentou falar com a assessoria de imprensa do apresentador Geraldo Luís, que não quis comentar o caso e nos orientou a falar com a assessoria da RedeTV! (emissora já se pronunciou, conforme comunicado acima).

Entenda a polêmica do jabá

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do Metrópoles, Marlene Mattos foi acusada por um artista de cobrar valores para que pudessem participar do programa “Geral do Povo”, o famoso “jabá”.

Ainda de acordo com a coluna, a cúpula da empresa acionou o jurídico e acompanhou de perto a apuração da denúncia do cantor Cristian Ribeiro, que afirmou ter pago R$ 10 mil para cantar na atração dominical, inclusive com os olhares atentos de Andrea Dallevo, filha do presidente e sócio majoritário do canal, Amilcare Dallevo.

Ao decorrer das investigações, Fábia descobriu que muitos integrantes da equipe estavam indignados com a situação, pois não tinham nada a ver com o tal esquema e estavam sendo pressionados a “dedurar” quem estava envolvido. Uma das ameaças era mudar a equipe toda, caso não se descobrisse os responsáveis.

No processo, cada produtor era levado para uma sala, acompanhado de um integrante do RH e outro do setor jurídico. E uns passarinhos verdes revelaram que algumas pessoas saiam da “entrevista” chorando por conta da pressão e do medo de perder o emprego.

Quem é Marlene Mattos?

Marlene Mattos veio do Maranhão para o Rio de Janeiro na adolescência. Em 1983, ela começou a trabalhar na TV Manchete onde conheceu Xuxa e se tornaram inseparáveis. A amizade entre as duas foi tão forte que Mattos recebeu o convite para ser madrinha de Sasha, filha única da eterna Rainha dos Baixinhos.

De 1987 até 1992, Xuxa teve seu programa infantil ‘Xou da Xuxa’ dirigido pela própria Marlene na TV Globo. Ela ainda dirigiu outros programas na emissora como ‘Xuxa Park’, ‘Planeta Xuxa’, ‘Mais Você’ (2001) e ‘Jovens Tardes’ (2002). Marlene também era empresária da loira.

Vida de Marlene após rompimento com Xuxa

O rompimento profissional e pessoal com Xuxa aconteceu em 2003. A partir daí Marlene Mattos abriu sua própria agência para gerenciar a carreira de outros artistas, como as jogadoras de vôlei Virna e Leila, o ex-BBB Kléber Bambam, o ex-jogador de futebol Kaká, entre outros.

Em 1993, a ex-empresária de Meneghel foi uma das responsáveis por trazer  Michael Jackson para o Brasil com a ‘Dangerous Tour’.

Mattos também foi diretora criativa na Band, e trabalhou em diversos outros veículos como: Rádio Globo, Rede TV!, Record, SBT, e TV da Gente.