Cultura

Lady Gaga desfaz noivado mas acredita em reconciliação

Lady Gaga desfaz noivado mas acredita em reconciliação

(Fevereiro) Lady Gaga e Taylor Kinney em Beverly Hills - AFP/Arquivos

A estrela do pop americano Lady Gaga declarou nesta quarta-feira que está “dando um tempo” em seu relacionamento com o ator Taylor Kinney, mas que espera reconciliar-se com sua “alma gêmea”.

Lady Gaga respondeu assim aos boatos que indicavam que ela e Kinney haviam terminado o noivado.

“Eu e Taylor sempre acreditamos que somos almas gêmeas. Como todos casais, tivemos altos e baixos, e agora estamos dando um tempo”, afirmou a cantora em sua conta no Instagram.

A artista, que também compartilhou a mensagem no Twitter, ressaltou que “nós dois somos artistas ambiciosos, com esperança de superarmos a longa distância e a agenda complicada para continuarmos o amor simples que sempre compartilhamos. Por favor, torçam por nós. Nós somos como todo mundo e realmente nos amamos”.

A diva já havia falado sobre suas dificuldades em manter seus relacionamentos por causa da fama e confiança sexual.

Mas a cantora de 30 anos havia declarou que encontrou o parceiro ideal em Kinney, de 35 anos, que estrelou a série de televisão “Chicago Fire” e “The Vampire Diaries”.

Lady Gaga e Kinney se conheceram durante as filmagens do clip para a canção “You & I” em Nebraska.sct/sst/ab/ll/mr

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel