Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Nem mesmo ausências importantes do Brooklyn Nets farão Kyrie Irving mudar a sua postura sobre a vacinação contra a covid-19. O armador deixou claro que a sua decisão em não receber o imunizante se manterá mesmo após a confirmação do afastamento do astro Kevin Durant.

O ex-MVP sofreu uma torção no joelho, o que coloca os Nets em mais um dilema nesta temporada. A equipe não terá Durant por até seis semanas e ainda não contará com Kyrie nos jogos em casa, já que a prefeitura de Nova York exige que atletas profissionais estejam vacinados com no mínimo uma dose para estarem presentes em eventos públicos.

“Kev (Durant) vai se curar e vai estar OK. Precisamos saber lidar com isso como companheiros de equipe”, disse Irving sobre o assunto. “Mas em termos de onde estou em minha vida fora disso tudo, eu permaneço enraizado com a minha decisão”, adicionou.

O jogador de 29 anos tem se posicionado contra a vacinação e já declarou publicamente que não recebeu nenhuma dose do imunizante contra a covid-19. Portanto, ele só poderá atuar em partidas fora de casa dos Nets onde as cidades não exijam atletas vacinados.

“Respeito a decisão de todo mundo. Eu não vou tentar convencer ninguém de nada ou nada disso. Só estou mantendo minha postura no que eu acredito”, completou Irving.