Esportes

Kyrgios e Becker batem boca no Twitter

O polêmico tenista australiano Nick Kyrgios e o lendário alemão Boris Becker trocaram insultos nesta terça-feira no Twitter, sobre a atitude de Alexander Zverev, que foi visto em uma festa depois de prometer que se isolaria para evitar um contágio de COVID-19.

Na segunda-feira, Kyrgios (40º no ranking mundial) chamou Zverev (nº 4) de “egoísta” por ter ido a uma festa quando havia anunciado que passaria 14 dias confinado após participar do Adria Tour, o torneio de exibição de Novak Djokovic, que teve que ser cancelado depois que várias pessoas foram infectadas com o novo coronavírus, incluindo o próprio Djokovic e outros tenistas.

Becker, vencedor de seis Grand Slams nas décadas de 1980 e 1990, defendeu seu compatriota nesta terça: “Não gosto de dedo-duro. Quem ataca um colega meu atleta não é meu amigo! Se olhe no espelho, você se acha melhor do que nós, @NickKyrgios?”, tuitou o ex-jogador de 52 anos.

Kyrgios, de 25 anos, não demorou a responder: “Pelo amor de Deus, Boris! Não estou competindo ou tentando manchar a reputação dele. É uma pandemia global e se alguém for estúpido o suficiente para fazer o que Alex fez, eu vou denunciar. É simples assim”.

E ele fez uma ataque direto a Becker: “@TheBorisBecker é uma rosquinha maior do que eu imaginava (em inglês ‘a bigger doughnut’). Ele pode até acertar um voleio, mas obviamente não é a ferramenta mais afiada”.

Becker voltou a criticar: “Você é um cara engraçado… como está indo na Austrália? Você respeita todos as diretrizes?”

“Ha, ha, ha. Estou bem, irmão. Mas não faz de conta que você virou meu amigo”, respondeu o australiano.

Becker, tricampeão em Wimbledon e que enfrentou sérios problemas financeiros após a glória no esporte, devolveu a bola novamente: “Eu gostaria de ver @NickKyrgios chegar a todo seu potencial e conquistar um Grand Slam! Seria um modelo incrível para a juventude e o mundo, em questões de igualdade e racismo. Levanta e faz seu trabalho!”.

Kyrgios disparou mais uma vez contra o alemão: “Por que você está falando de tênis agora? Não tem nada a ver com tênis!”. E encerrou pouco depois: “Por que não nos explica o motivo por estar defendendo ele?”.

Zverev e Kyrgios deverão se reencontrar de 13 a 19 de julho em Berlim em um torneio de exibição na grama e em quadra dura.

cpb/jr/mcd/dr/aam

Twitter

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior