Esportes

Kosovo ameaça não enfrentar Espanha pelas Eliminatórias da Copa


A federação de futebol do Kosovo ameaçou não disputar a partida contra a Espanha pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no dia 31 de março, após ter sido chamada de “território” no anúncio da seleção espanhola sobre a partida.

A Federação Espanhola divulgou na terça-feira que o treinador, Luis Enrique Martínez, apresentará no dia 15 de março a lista dos convocados para os duelos das eliminatórias “contra a Grécia, a Geórgia e o território do Kosovo”.

A designação de “território” não agradou à Federação do Kosovo, que lembrou em um comunicado que “Kosovo é um estado independente”.

Tanto a Uefa como a Fifa reconhecem o Kosovo como membro de pleno direito desde 2016, quando se declarou independente da Sérvia em 2008, embora alguns países como a Espanha ou a Grécia não o reconheçam como estado independente.

O comunicado da entidade kosovar considera que a Espanha tenta “minimizar a soberania do Kosovo” e assegura que “os critérios da Uefa e da Fifa são claros como o vidro”.

“O Kosovo não fará quaisquer concessões: apenas jogaremos de acordo com os critérios e regras estritos da Uefa, com o hino nacional e a bandeira, caso contrário o jogo não será disputado”, acrescentou a federação.

“A única coisa que fizemos foi seguir as recomendações em nome do Ministério das Relações Exteriores”, alegaram nesta quarta-feira fontes da Federação Espanhola de Futebol.

A Federação Espaonhola havia agendado uma reunião para esta quarta para discutir o assunto.

A Espanha está no Grupo B das Eliminatórias Europeias para o Mundial no Catar, ao lado da Suécia, Grécia, Geórgia e Kosovo, entre os quais a Grécia também não reconhece como país a ex-província sérvia.

O seleção espanhola vai jogar suas três primeiras partidas do torneio classificatório para a Copa de 2022 a partir do dia 25 de março, contra a Grécia em Granada (sul da Espanha). Três dias depois vai viajar para a Geórgia e encerra a série de confrontos com Kosovo no dia 31 de março em Sevilha.

Apesar da Espanha não reconhecer o Kosovo, o ministro das Relações Exteriores espanhol, Arancha González Laya, lembrou em dezembro após o sorteio das eliminatórias que este tema é algo a ser resolvido “com as regras da Fifa”.

“São as suas regras, não as do direito internacional no que diz respeito ao reconhecimento dos estados. É por isso que na Fifa há integrantes como as Ilhas Faroe, País de Gales, Escócia, Irlanda do Norte ou Gibraltar, que não são estados”, lembrou.

gr/CHZ/psr/lca



Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio