Esportes

Kevin-Prince Boateng fecha com time de Berlusconi na Série B da Itália

No Monza, ele será companheiro de Carlos Augusto, ex-Corinthians. Ganês jogava no Barcelona há pouco mais de um ano e passou por três times desde então

Kevin-Prince Boateng fecha com time de Berlusconi na Série B da Itália

O Monza, time da Série B da Itália, fechou a contratação do meia alemão naturalizado ganês Kevin-Prince Boateng, de 33 anos. O jogador deixou a Fiorentina para defender o time do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, que busca o acesso para a Série A.

O contrato de Boateng com o novo clube vai até junho de 2021, podendo ser estendido por mais uma temporada. Os valores de transferência não foram revelados. No novo clube, o experiente meia será companheiro do brasileiro Carlos Augusto, lateral-esquerdo vendido em agosto pelo Corinthians.

Boateng vem rodando por várias equipes nas temporadas recentes. Em 2019, ele estava no poderoso Barcelona, mas não se firmou. Após deixar o Sassuolo, foi comprado pela Fiorentina e, em seguida, emprestado ao Besiktas, onde atuou pela última temporada.

O ganês é o 11º primeiro reforço do Monza na temporada e já trabalhou com Berlusconi antes, quando jogou no Milan, entre 2010 e 2013.

Além destes clubes, Boateng atuou por Hertha Berlim, Tottenham, Borussia Dortmund, Porsmouth, Genoa, Schalke 04, Las Palmas e Eintracht Frankfurt.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar