ISTOÉ Gente

Kelly Key fala sobre assédio na carreira: “Desagradável conviver com isso”

Crédito: Reprodução/TV Globo

Kelly Key participou do 'Altas Horas' por vídeo (Crédito: Reprodução/TV Globo)

Kelly Key foi uma das convidadas do ‘Altas Horas‘, da TV Globo, desse sábado (16), conversando via vídeo com o apresentador Serginho Groisman, direto de Portugal, onde mora com a família. No programa, dentre os diversos assuntos, a cantora também falou sobre assédio: “Todas as mulheres já passaram por isso. A maioria. A gente nunca fala sobre, porque somos oprimidas. Graças a Deus, sempre tive muita sorte. Eu tive poucas experiências como essa”.

“Mas já estive na televisão e aconteceu de diretor receber foto minha, de divulgação, de vestido e eu chegar no programa de calça jeans, e ele falar: ‘Não, eu chamei uma cantora que usa saia’. Durante muito tempo foi desagradável conviver com isso. Parece que a gente está tendo sempre que provar algo a alguém”, continuou Kelly Key.


“Isso te reprime, porque você não dança mais da mesma maneira, não se veste mais como gastaria. Mas aí chega a maturidade e você começa a entrar numa vibe de que não precisa mais provar nada para ninguém. Nós, meninas do pop, usamos muito o corpo com a dança, e a sensualidade está no palco. Como o corpo da mulher sempre foi muito sexualizado, as pessoas não achavam de bom tom. Achavam minhas músicas ousadas. Se isso tivesse me afetado quem seria eu hoje?”, finalizou a cantora.