Saúde da mulher

Kardashian aposta em ‘jejum sexual’ para apimentar vida a dois; entenda a prática

Crédito: Reprodução/Instagram

Recentemente, a empresária Kourtney Kardashian deixou escapar um detalhe interessante sobre sua vida sexual: ela embarcou em um “jejum” de sexo com seu namorado, o baterista Travis Barker. Mas o que, exatamente, isso significa?

+ Casais que moram separados têm uma vida sexual melhor, sugere pesquisa

+ Saiba o que seu signo do zodíaco diz sobre seu desejo sexual

Conhecida por suas intensas demonstrações públicas de afeto, a mais velha das irmãs socialites dos Estados Unidos revelou ter participado de uma “limpeza Ayurvédica”  que incluía o jejum sexual. Em entrevista à revista americana “Bustle”, ela descreveu a experiência: “[O jejum] Tornou tudo melhor. É como quando você não pode tomar cafeína, e quando você toma seu primeiro matcha, é muito bom.” Saiba mais com informações da “Cosmopolitan”. 

Instagram will load in the frontend.

 O que é o jejum sexual?

Ao contrário do celibato, um jejum (ou limpeza) sexual é uma pequena pausa na intimidade de um casal. Geralmente, ele ocorre durante um período de tempo predeterminado. 

O jejum sexual pode ser a chave para um sexo enlouquecedor?

Na experiência de Kourtney, sim. E especialistas sexuais também indicam que esse pode ser o caso. Ao se abster de sexo em um relacionamento, você pode criar tensão e explorar novos aspectos de seu vínculo íntimo — especialmente se o sexo entre você e seu(ua) perceiro(a) tiver caído na rotina. No entanto, é importante lembrar que definir uma “limpeza sexual” em seu relacionamento pode exigir comunicação prévia, para que sua pessoa amada entenda suas intenções e motivações.

“Para muitos casais, pode haver muito estresse em torno da relação sexual, porque eles não sentem a intimidade que deveria estar enraizada na experiência. Ao se abster de sexo propositalmente por longos períodos de tempo, isso pode não apenas ajudar a reacender sua faísca sexual, mas também melhorar seu relacionamento íntimo”, declara a especialista em bem-estar sexual Tracey Coates. “Às vezes, o sexo precisa ser retirado de questão para os casais se reconectarem adequadamente e entenderem os desejos e necessidades um do outro, afinal, a relação sexual não é a única forma de prazer sexual que é valorizada!”

A especialista ainda sugere que o jejum sexual pode ajudar a melhorar a comunicação entre o casal. “Em alguns casos, o sexo pode mascarar questões maiores em jogo. Talvez alguns casais até se escondam atrás da intimidade do sexo em vez de se envolver em uma comunicação íntima sobre seu relacionamento. Removendo o sexo, pode ser que as pesosas se abram mais. Subsequentemente, uma pausa planejada pode resultar em um sexo mais consciente, mais conectado e mais prazeroso e, conhecendo seu(ua) parceiro(a) em um nível ainda mais profundo, você promoverá um vínculo íntimo mais forte.”

Como é quebrar o jejum sexual

“Quando se trata de quebrar a abstinência com sexo, você se sentirá verdadeiramente viva e presente com seu(ua) parceiro(a), e desejará combinar essa intimidade emocional com alguma intimidade física também” diz Tracy. Os outros benefícios podem incluir aumento da libido, da resistência e das chances de orgasmos múltiplos.

No entanto, é importante notar que pessoas experimentam, naturalmente, um fluxo instável em seu desejo sexual. Portanto, se você ou sua pessoa amada “não estão sentindo nada”, isso não é motivo para vergonha — mas um jejum sexual provavelmente não levará a um aumento mágico na libido.