ISTOÉ Gente

Justiça penhora parte do salário de Caio Ribeiro por dívida de familiares

Crédito: Reprodução/TV Globo

A Justiça de São Paulo determinou, em primeira instância, a penhora de 10% dos salários do comentarista Caio Ribeiro, da TV Globo. O ex-jogador foi incluído no processo iniciado pela RDG Fundo de Investimento contra a Maxxilab Exames Laboratoriais, que pertence aos familiares dele. As informações são do UOL.

O Tribunal entendeu que o profissional entrou como avalista em um contrato de mais de R$ 280 mil, o que ocasionou a ação judicial. O pai e o tio de Caio são os sócios da Maxxilab.

De acordo com o autor da ação, uma nota promissória de R$ 280.754,73 foi colocada como garantia de pagamento após a RDG ter celebrado acordo de Cessão de Crédito com a Maxxilab. Advogados, no entanto, alegam que a empresa acionada na Justiça não gerou os recursos previstos. Ou seja, a empresa adquiriu capital, mas não efetuou os serviços estabelecidos.

Em novembro, a Justiça determinou a penhora de 10% do salário de Caio Ribeiro. O valor, no entanto, não foi informado. A defesa do comentarista informou ao UOL que vai recorrer da decisão.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior