Geral

Justiça libera e hacker que invadiu celular de Moro deixa presídio

Crédito: Reprodução/ Facebook

A  Vara de Execuções Penais do Distrito Federal (VEP-DF) determinou que o hacker Walter Delgatti Neto, responsável por invadir o celular do ex-ministro Sergio Moro e de outras autoridades, deixe o presídio DF I e cumpra o restante da pena em regime aberto. As informações são do UOL.

Segundo o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), Walter conseguiu a soltura porque “cumpriu os requisitos previstos na lei”. No mês de setembro, o juiz Ricardo Soares Leite revogou a prisão do hacker e de outro acusado, Thiago Eliezer, por  “excesso de prazo” nas prisões.

Walter terá que usar tornozeleira eletrônica, não pode ter contato com outros acusados e está proibido de acessar sites, redes sociais e aplicativos de mensagens.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel